sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Sal e pimenta



A receita desta semana trata-se de filetes de pescada, que por acaso foi o que eu comi à hora do almoço. Tudo graças à minha avozinha que esta pronta a receber-me e dar comidinha. Muito obrigada por tudo avó! <3 font="">

Ingredientes:

4 Filetes de pescada
2 Cebolas médias
Azeite e alho em pó q.b
Sal e pimenta q.b.
Salsa, tomilho e limão fesco q.b.
Sumo de limão q.b.
1 Pão integral
4 Batatas médias
2 Dentes de alho

Modo de preparação:

1. Num pirex de ir ao forno, unte o fundo com azeite. Corte a cebola às rodelas finas e espalhe por todo o pirex. Condimente com sal fino e pimenta branca. Regue os filetes de pescada com sumo de limão e um pouco de sal fino, disponha no pirex.
2. Triture num "1,2,3" o pão integral junto com salsa e tomilho fresco, mas não em demasia e misture alho em pó e um pouco de azeite no pão já triturado. Espalhe por cima de cada filete e regue com mais um fio de azeite por todos.
3. Leve ao forno a 180 graus, por 15 min., ou até estar totalmente assado e a crosta com uma cor dourada.
4. Coloque um tacho com água e sal e uns filamentos de açafrão, deixe ferver e junte as batatas lavadas, descascadas e cortadas às rodelas não muito finas. Coza cerca de 9 a 10 min.
5. Numa frigideira não muito grande, coloque cerca de 2,5 dl de azeite, os dentes de alho e bastante salsa e tomilho e limão picado. Deixe aquecer um pouco, retire logo do lume.
6. Escorra as batatas, coloque nos pratos e sirva. Regue com o molho de ervas frescas. Retire com uma espátula cada filete de pescada e coloque também no prato.
Receita da autoria de Emília Teixeira

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Novidades, Novidades Everywhere!

Olá, olá maltinha!! Tudo bem convosco? Já tínhamos anunciado que havia mais novidades para vocês, quer no Facebook, quer no Twitter. Outubro está a ser um mês cheio de surpresas, não está?


Pois bem, temos a anunciar que fechámos a primeira parceria do blog, com a Chiado Editora! A nossa parceria consiste basicamente em recebermos um livro da parte deles, lermos e dar-vos a nossa opinião.



Assim sendo, não faz sentido continuarmos com a rubrica Livro do Mês, porque seria muito difícil manter essa regularidade e não estaríamos a dar o merecido destaque à nossa parceria.

Esperamos que compreendam e que gostem desta novidade, tanto quanto nós.

Maggy

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Palavra da Semana



Devido à comoção que tem havido sobre a questão da independência da Catalunha, resolvi deixar-vos com a palavra independência esta semana. Não consegui encontrar a origem etimológica da palavra mas deixo-vos com uma listinha de significados da mesma. 

Significados:

Prosperidade; bem-estar financeiro.

Libertação; liberdade política: guerras de independência.

Falta de subordinação: a independência entre duas situações.

Caráter da pessoa que não segue ideias determinadas, regras preestabelecidas.

Imparcialidade; estado do que ou de quem não é influenciado com facilidade.

Condição da coletividade que não se submete a outra autoridade e se governa por suas próprias leis: Dom Pedro I proclamou a independência do Brasil.

Condição da pessoa livre, de quem não deve obediência a alguém; estado do que não depende de: independência financeira, emocional, espiritual.

Música da Semana


A música desta semana é de uma banda que eu adoro os Owl City e por incrível que pareça só há uns três ou quatro dias é que descobri esta música. 

Livro do Mês

Título: Raptada na Noite
Autor: Patricia MacDonald
Editora: 11x17
P.V.P.: 8€










Sinopse:

"Tess tinha nove anos quando, durante umas divertidas férias em família, presenciou o rapto brutal da sua irmã Phoebe, de treze. Dias depois o corpo da adolescente é encontrado, apresentando marcas de violação. Tess, a única testemunha do crime, identifica Lazarus Abbott, um jovem anteriormente condenado por crimes sexuais, como o autor do rapto, fazendo com que este seja condenado à morte e executado.

Vinte anos mais tarde, novas provas sugerem que não foi Abbott o verdadeiro assassino. Receando ser responsável pela morte de um inocente, Tess regressa com o filho adotivo à terra à cidade onde tudo aconteceu para enfrentar essa terrível possibilidade. Porém, depressa descobre que há alguém empenhado em fazer com que ela pague por uma vida perdida... com a sua."




A Minha Opinião:

Em primeiro lugar, peço desculpa por estar a trazer-vos outro policial. De qualquer forma, tenho a dizer que este livro está muito bem escrito, que a autora conseguiu enganar-me, como  seria certamente a sua intenção, várias vezes e isso manteve-me agarrada a ele até o terminar.

Em Exibição: Linha Mortal


Cá estou eu ((Maggy)) outra vez para vos falar de um filme que fui ver recentemente ao cinema! Já o queria ter visto há algum tempo, e a oportunidade surgiu a semana passada.

Linha Mortal conta a história de Courtney, que um dia estava a conduzir e se distraiu com o telemóvel e teve um acidente, em que a irmã mais nova, que estava consigo no carro, morreu.

Nove anos mais tarde, Courtney está a formar-se em medicina e a estagiar nas urgências de um hospital e pergunta frequentemente aos pacientes que foram ressuscitados o que viram enquanto estiveram em paragem cardíaca.

Mais tarde pede aos amigos para a ajudarem e a morrer e ser ressuscitada. Após essa experiência, três dos seus quatro amigos decidem fazer o mesmo.

Os problemas chegam depois das experiências: os estudantes são perseguidos pelos seus maiores erros.

Eu queria muito ver este filme e não me desiludiu, mas tenho a dizer que a ver filmes destes com frequência não chego aos 40 anos!

Assustei-me várias vezes, mesmo quando previ o rumo da história. Chamem-me menina, têm toda a razão!

Houve algumas coisas que achei que não estavam tão bem feitas, como por exemplo, quando uma das raparigas do grupo faz a experiência pela segunda vez, supostamente já não era possível reanimá-la, e no entanto, eles conseguiram... 

De qualquer forma, aconselho vivamente a ver o filme, está muito bom! Vou deixra aqui o trailer, para terem uma ideia melhor da história.


segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Frase da Semana



"Somos todos únicos e todos temos o nosso lugar especial no puzzle que é o Universo."
Rod Williams

sábado, 7 de outubro de 2017

Sal e Pimenta: Panquecas


Na receita desta semana vou-vos deixar umas simples panquecas, que podem comer a qualquer hora do dia. Seja ao pequeno-almoço como à ceia. Pelo simples facto de eu andar com desejos das mesmas já à algumas semanas.

Ingredientes:

Farinha fina (preferencialmente) 250 g
Ovos 2
Leite 300 ml
Margarina morna derretida 70 g
Açúcar 1 colher de sopa

Preparação:

Numa tigela, bater os ovos, juntar o açúcar, a margarina derretida morna, o leite e a farinha. Bater bem até obter uma massa homogénea.
Aquecer em lume médio uma frigideira anti-aderente e pincelá-la com óleo ou margarina. Deitar uma concha do preparado e deixar cozinhar uns minutos até aparecerem "furinhos" na massa.Virar com a ajuda de uma espátula e deixar alourar. Repetir a operação até esgotar a massa.