sexta-feira, 31 de julho de 2015

Dou por mim a falar para as Estrelas

Todos os dias há coisas que vejo que me lembram de vocês.  Sabem, tenho muitas saudades vossas, de tudo o que vivemos, do que podíamos ter vivido, de quem vocês eram, de quem eu era quando estava convosco.Partiram cedo demais...

Ás vezes, quando estou mais triste, cansada ou desanimada, dou por mim a falar para as Estrelas, como se estivesse a falar convosco, mas infelizmente nunca obtenho resposta. Claro que sempre soube que não me podiam responder, mas nunca deixei de o fazer. Apesar disso sinto que me ouvem e que estão perto, como se mesmo ao meu lado.

Quem me dera poder ver-vos nem que fosse por um segundo, dizer tudo o que ficou por dizer e dar-vos aquele abraço que faltou no último momento.

E sabem que mais? A culpa disto tudo é da porcaria do cancro, que vos tirou as forças para lutar e vos afastou de mim. Não a culpa não é vossa, vocês fizeram o que puderam e tenho muito orgulho em vocês, espero que nunca se esqueçam disso.

quinta-feira, 30 de julho de 2015

O Meu Melhor Amigo

Sim, sou rapariga, mas tenho um melhor amigo, um rapaz. Há quem diga que não existe amizade entre rapazes e raparigas, mas isso não é verdade. Para mim, a amizade entre rapaz e rapariga é a melhor, a mais sincera.

O meu melhor amigo é aquela pessoa a que recorro quando preciso de desabafar ou preciso de conselhos. Ele sabe que também estou com ele sempre que precisa.Obrigada por tudo.

Quando estamos juntos dá sempre para a palhaçada, parecemos duas criancinhas, mas são esses os momentos que ficam do tempo que passamos juntos. Adoro-te, cada dia um pouco mais, e sei que sabes disso, digo-te todos os dias.

segunda-feira, 27 de julho de 2015

O Mundo ao Olhos de um Cão

 Não, não sou um cão e pelo menos penso que mesmo numa vida anterior(coisa em que sinceramente não acredito) nunca o fui.

Eu acho que o mundo deve muito diferente aos olhos de um cão, em relação ao que os Humanos vêem. Os cães são sensíveis e têm um grande instinto protetor, que os faz ser em alguns aspetos melhores do que muitos Homens.


No mundo onde vivemos há muita maldade, mas os cães parecem ter um filtro e não a vêem. Eles sabem perdoar, mesmo depois de muitas vezes em que os seus donos descarregam o stress do dia a dia em cima deles, só porque pediram uma festinha no momento errado.As pessoas guardam rancor, os cães não.

Os cães vêem brincadeira em tudo, nesse aspeto são como as crianças. Qualquer momento é o ideal para brincar e receber mimos, enquanto que depois de crianças criamos momentos para tudo, parece ser artificial.

Como oiço muitas vezes dizer :"Quanto mais conheço as pessoas mais gosto de animais." Não digo para ninguém se isolar do mundo e rodear-se de cães, eles não substituem as pessoas, mas é bom enaltecer as suas qualidades.

domingo, 26 de julho de 2015

Ser Escuteiro É...

Ser Escuteiro é trocar a cama por um saco-cama, o quarto por uma tenda, os ténis  giros do dia-a-dia por umas botas de campo... ás vezes até descombinar coisas com os amigos para ir a uma atividade.

Ser Escuteiro é levar a casa dentro de uma mochila quando vamos acampar e quando volta para casa não caber tudo lá dentro.É deixar cair o jantar e voltar a por tudo na panela, passar fome e frio mas lembrar-nos sempre desses momentos como os melhores da nossa caminhada escutista.
 Escuteiro que é Escuteiro dá valor ás bolachas Maria. Escuteiro que é Escuteiro não se suja, ganha uma camada protetora.

Quando somos Escuteiros sabemos que a qualquer lado que vamos fardados somos bem recebidos. O Escutismo é a nossa segunda família, que nos acolhe e nos vê crescer.


quarta-feira, 22 de julho de 2015

Carta á Minha Melhor Amiga

Princesa, estou a escrever-te para te agradecer tudo o que fizeste e continuas a fazer por mim. Agradeço-te todos os dias, mas não chega, não chega porque  há coisas que não se agradecem com meras palavras.Obrigada por estares ao meu lado sempre que preciso e por me ouvires e aconselhares o melhor que sabes.

Conhecemo-nos há tempo suficiente para saber de cor os teus gostos, os teus receios, e ás vezes até adivinhar os teus pensamentos, tal como tu em relação a mim.

Sei que se estiveres a ver isto já estás corada que nem sei lá o quê, mas vai valer a pena, continua a ler.

Quando estou contigo o meu mundo fica mais colorido e os problemas desaparecem. É como se fossemos outra vez  aquelas crianças ingénuas e brincalhonas de quando nos conhecemos.Adoro cada momento que passo contigo, e guardo a maioria na minha memória com grande carinho.

Por muito tempo que estejamos afastadas, sei que quando nos voltamos a encontrar encontro a nossa amizade no ponto em que a deixei. Sabes que acima de tudo te adoro como uma  irmã, és e serás sempre a minha Irmã Emprestada, como gosto de te chamar.

Bem, para finalizar, obrigada por tudo, adoro-te e espero que nada nem ninguém nos separe. A vida não nos fez irmãs de sangue, mas deu-nos uma segunda oportunidade no dia em que nos conhecemos. Adoro-te milhões <3





segunda-feira, 20 de julho de 2015

Sofria, hoje sou fria

Ás vezes perguntam-me porque é que sou tão fria quando falo com algumas pessoas. A resposta é simples: Perdi a confiança nas pessoas.
As pessoas muitas vezes não são o que aparentam e revelam-se quando menos esperamos. Nessas coisas não gosto de surpresas, por isso prefiro não dar confiança no início e depois, se for uma boa pessoa, então sim confiar e talvez criar uma amizade.

Tornei-me fria porque encontrei na frieza uma proteção contra a maldade que há nos outros e que antes não via.

Há  quem pense que as palavras não magoam, mas conseguem magoar mais que um estalo ou um murro, pois a dor física passa e as marcas desaparecem, mas as palavras dificilmente se esquecem.

Muitos acham que podem dizer o que quiserem e que isso não mudará nada porque é apenas uma brincadeira, mas não é bem assim: há coisas que simplesmente não se dizem, mesmo que na cabeça de quem disse fosse uma brincadeira.Nunca se prevê a reação das pessoas e podem ficar magoadas por aquilo que disseram. Principalmente quando não são, á partida coisas que se digam da boca para fora.

As palavras deixam marcas profundas por isso há que evitar brincadeirinhas parvas de chamar nomes a não ser que se tenha mesmo a certeza (confirmando) que a pessoa a quem nos dirigimos não se ofendeu.

terça-feira, 14 de julho de 2015

Porquê Escrever?

É uma pergunta que faço muitas vezes: Talvez esteja a perder tempo porque estes textos que escrevo não são nada de especial e não têm futuro por si. Mas também sei que só posso ter a certeza se tentar e que tenho uma paixão enorme pela escrita.  Se gostava de ter sucesso na escrita e ser reconhecida por isso? Gostava, sim, mas também penso que a minha vida seria diferente daquela que planeio e dos modelos que nos incutem em casa e na escola. Não que isso seja mau, mas ás vezes faz confusão,porque foge do estereótipo. Pergunto-me porquê a escrita, se vejo que muitos escritores e bloggers não conseguem viver do que mais gostam de fazer e por isso alguém que escreve como hobby, tal como eu, pode sentir-se frustrado porque não vai ter reconhecimento nem visibilidade.
Ás vezes escrever ajuda-me a pensar e a resolver os meus problemas, nem que seja para limpar a mente, escrevendo muitas vezes sobre coisas que não se relacionam com os meus problemas, mas ajudam-me a libertar os pensamentos.
A escrita para mim, tal como já tinha dito, é uma paixão, mas também é quase como um estado de espírito.
Bem, quem sabe talvez um dia invista mais na minha paixão e possa ter o que desejo enquanto o faço como hobby, talvez dê os frutos desejados.


sábado, 11 de julho de 2015

Amo-te e tu não sabes

Amo-te e tu não sabes, porque não tenho coragem de me declarar e medo de me magoar. Sorrio a cada mensagem tua, mas tu não sabes,  porque eu não te digo, com vergonha do que possas dizer.
Perco-me nos meus silêncios a pensar em ti e tu não sabes, porque eu tenho medo de que o teu coração pertença a outra pessoa.
Tenho ciúmes das outras pessoas com quem andas, mas   tu não sabes porque eu não quero parecer parva se to dissesse.
Ensaio muitas vezes o que te vou dizer em várias situações,mas no momento atrapalho-me e não digo nada do que queria.É esse o efeito que produzes em mim, mesmo sem quereres.
Em suma, sou demasiado envergonhada para te dizer o que sinto por ti, pelo menos agora. Espero que valha a pena ganhar coragem, por nós.

quarta-feira, 8 de julho de 2015

Ideologias

As várias religiões que existem no mundo, defendem várias ideias e práticas diferentes.
Desde sempre ouvimos a frase "a nossa liberdade acaba onde começa a do outro" e todos os nossos atos deviam basear-se nela. Ninguém neste mundo tem o direito de julgar alguém devido à crença. Todos temos o direito de aproveitar a vida como queremos e enquanto uns preferem jogar futebol outros preferem dedicar-se ao culto de uma religião. Cada um com as suas escolhas.
Algumas pessoas têm de mudar a sua mentalidade e, ninguém pede para sermos todos iguais ou acreditarmos todos no mesmo, mas peço a todos que haja respeito. Respeito mútuo!