quinta-feira, 7 de julho de 2016

África Negra

Correm injustiças 
neste mundo tão cruel
e enquanto desperdiças
crianças como tu
estão a trabalhar
sem poder reclamar

Crianças indefesas
levadas pelas suas presas
conhecidas como multinacionais
e nunca mais vêem seus pais

O aroma do chocolate
eu bem sei que tu o sentes
mas estas crianças
apenas vêem as suas sementes

Fruto maldito
colhido por mãos alheias
que trabalham nas fazendas
sem regressar às suas aldeias



Encho-me de convicção
e sem grande complicação
posso a todos garantir
que cada criança levada
é mais uma vida negada 



Rita (vou escrever alguns textos para o blog, mas continuo um pouco afastada)