sábado, 29 de abril de 2017

Frase da Semana #53


"Quem espera que algo aconteça, pode começar por puxar as mangas da camisa."
Garth Henrichs

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Sal e Pimenta: Sangria


A receita desta semana sabe a verão!Quem não anseia por ele? E que tal beber uma sangria para esquecer as saudades?

Ingredientes  (4 pessoas):
  • 1 maçã cortada em cubos regada com sumo de ½ limão
  • 1 laranja cortada em cubos
  • 2 raminhos de hortelã
  • 1 pau de canela
  • 60 ml de martini branco
  • 60 ml de vodka ou aguardente
  • 6 colheres de sopa de açúcar branco
  • 250 ml de refrigerante de laranja sem gás
  • 750 ml de vinho tinto
  • 300 ml de refrigerante lima limão com gás (7up ou Sprite)
  • Gelo q.b.
Preparação:

1. Numa panela coloque a fruta, metade do açúcar, os raminhos de hortelã, o pau de canela, o martini e a vodka.

Misture muito bem com uma colher.
Por fim, junte o vinho tinto.
Tape e deixe repousar durante 5 minutos.

2. Quando for servir, adicione o sumo de laranja e o refrigerante lima limão (7up ou Sprite).

Misture tudo.

3. Num jarro, coloque o restante açúcar e a sangria.

Adicione cubos de gelo, a hortelã e o pau de canela.

Se quiser, pode acrescentar outras frutas a gosto, como pêssego e uvas.


Fácil, não é?

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Nostalgia #6- Parte 2

Ainda não sabemos exactamente quantas partes vai ter este post sobre séries antigas, mas temos material para várias, assim que tivermos algum tempo livre teremos mais posts a serem publicados. Não nos esqueceremos, não se preocupem!

Vamos lá então á parte dois! Como muitos devem ter visto, o David Henrie, Justin Russo em Feiticeiros de Waverly Place, casou-se recentemente. Ora, no seu casamento estava reunido o elenco da série! Prontos para uma comparação lado a lado?


Pessoalmente, tirando o Max, o mais novo, não vejo grandes mudanças. Ainda assim, a Jennifer Stone (Harper) foi muito favorecida pela idade e o David DeLuise (Jerry) deixou crescer a barba, que lhe fica muito bem!

O que acharam desta evolução? As fotografias têm 10 anos de diferença.


Maggy

terça-feira, 25 de abril de 2017

Palavra da Semana



A palavra desta semana é liberdade. Acho que a razão de escolha da palavra é óbvia, mas devemos lembrar-nos que, se há 43 anos reconquistámos a liberdade, hoje ela não está garantida, temos que continuar a lutar para a manter. Podemos facilmente ver isso pelo facto de nos encontramos no século XXI e ainda existirem ditaduras e termos líderes políticos a fechar fronteiras.

Definição:
Direito de proceder conforme nos pareçacontanto que esse direito não  contra o direito de outrem.

 Origem Etimológica:
liberdade”: em Latim, LIBER, “livre”, tinha a mesma origem do Grego ELEÚTHEROS, também “livre”.

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Desafio da Baleia Azul

De certeza já ouviram falar da Série Thirteen Reasons Why. Essa série "desmascarou" uma realidade que passava despercebida a muitas pessoas, e que foi também revelada por um jogo chamado Desafio da Baleia Azul, que começou num grupo fechado no Facebook. 

Neste desafio é atribuído um "curador" (que não cura coisa nenhuma, por isso o nome em nada se adequa) a cada participante no mesmo, que lhe indicará de que forma deve cumprir as suas 50 tarefas.

O mais preocupante é que os desafios vão crescendo de intensidade e a tarefa número 50 consiste em cometer efectivamente o suicídio.

Para mim, faz sentido que se conhecemos alguém que sofra de uma depressão, tentemos ajudar a pessoa a preservar a sua vida e não a incitemos a que a termine. O que é que passou pela cabeça das pessoas que criaram este jogo? Qual foi realmente o objectivo?

Eu só consigo fazer perguntas, não obtenho respostas, afinal eu não seria capaz de brincar assim com a vida das pessoas, é uma coisa que eu não compreendo.

Se conhecem alguém que sofra de depressão tentem ajudar, conversem com a pessoa e tentem fazê-la ver que a vida também tem coisas boas, por mais pequenas que sejam.

Se vocês próprios sofrem de depressão, por favor, procurem ajuda, a  vossa vida vale mais do que pensam.

Maggy

Música da Semana

A música desta semana é da Carolina Deslandes, cantada em português, e é muito bonita, fala sobre amor, o amor verdadeiro.

domingo, 23 de abril de 2017

Frase da semana #52




"Não existe paixão a ser encontrada, ao assentar numa vida que é menos do que aquilo que és capaz de viver."
Autor Anónimo

Sal e pimenta: Pão


Todos nós sabemos que o pão sempre foi a base da alimentação por isso, achei engraçado deixar-vos uma receita do mesmo. É uma receita de pão de trigo.

Ingredientes:
250g de farinha de trigo sem fermento tipo 65
4,6g de fermento de padeiro seco granulado (1 carteira)
5g de sal (1 colher de chá rasa)
4g de açúcar (1 colher de chá rasa)
125 ml de água morna
1 colher de sopa de manteiga sem sal amolecida

Modo de preparação:

Numa tigela, dissolva o fermento na água. No centro da bancada, coloque a farinha e faça um buraco no meio. No buraco, coloque a água com o fermento, a manteiga, o sal e o açúcar. Com as pontas dos dedos, comece a misturar tudo e amasse bem a massa.
Quando a massa estiver homogénea e já não colocar nas mãos, faça uma bola.

Coloque numa tigela e tape com uma toalha. Deixe levedar durante 2 horas em local quente.

Passado 2 horas, quando o volume da massa dobrar, coloque num tabuleiro de ir ao forno previamente polvilhado com farinha. Molde a massa em formato de cacete. Com uma faca dê 5 golpes ao de leve no cimo da massa. Pincele a massa com água.

Leve ao forno pré-aquecido nos 200º e com um tabuleiro no fundo com um pouco de água para que a crosta do pão fique estaladiça. Deixe cozer aproximadamente 45 minutos. O pão estará cozido quando bater-lhe com a mão e senti-lo oco. Depois do pão cozido retiro-o do forno.

Agora é só servir e aproveitar esta delícia.

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Nostalgia #6- Parte 1

Yeyy, a Nostalgia está de volta!! 

A ideia para este post surgiu numa conversa entre amigas em que estávamos a ver como estavam agora os actores e actrizes das séries da nossa infância.

Pois bem, eu decidi mostrar-vos o resultado das nossas pesquisas!

A primeira série de que vos quero falar é "Boa Sorte, Charlie!". Quem se lembra daquela família numerosa em que existiam problemas atrás de problemas, e uma vizinha do lado que estava sempre a intrometer-se? Vamos lá ver como está o elenco hoje em dia!


Esta é a nossa querida Charlie durante a série e na atualidade.




Agora vamos ver a Bridgit Mendler. Como muitos devem saber, agora, além de atriz ela é também cantora.


E  como não podia deixar de ser, o terrorista da família, Gabe, Bradley Steven Perry.



O filho mais velho,PJ,  Jason Dolley. Não mudou muito, e pode dizer-se que o tempo lhe está a fazer bem!




É preciso ter coragem para criar uma família tão grande ! Esta é a Amy, Leigh-Allyn Baker.


E agora o pai de família,Eric Allan Kramer. Sinceramente, não gosto nada de o ver com barba!


  Gostaram de ver os antes e depois? Brevemente vamos mostrar-vos como estão os atores de outras séries que marcaram a nossa infância.

Cata e Maggy

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Palavra da Semana

A palavra desta semana é Família. Eu decidi trazer-vos esta palavra porque, apesar de ser sempre importante, esta semana a minha família foi um grande apoio para mim, por isso achei que fazia sentido mencionar esta palavra que muitas vezes usamos mas nem sempre nos lembramos do que, em termos mais sentimentais, ela significa.

Significado:
 Conjunto de todos os parentes de uma pessoaeprincipalmentedos que moram com ela.


Origem Etimológica:
Do Latim familia, que significa o conjunto das propriedades de alguém, incluindo escravos e parentes; familia vem de famulus, que significa escravo doméstico.


terça-feira, 18 de abril de 2017

Música da Semana

A música desta semana é A Beautiful Lie dos 30 seconds to mars. Ouvi esta música há uns dias atrás e achei que era apropriada para esta rubrica.
Espero que gostem. :)




domingo, 16 de abril de 2017

Frase da Semana #51


"O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis."
Maria Julia Paes de Silva

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Sal e pimenta: Folar


Esta semana, visto ser semana de Páscoa, decidimos publicar uma receita de folar! Espero que se divirtam muito a fazê-la. :)
Ingredientes:
Fermento de Padeiro 40 g
Farinha de Trigo 500 g
Leite morno 100 ml
Açúcar 100 g
Margarina 75 g
Canela 1 colher de café
Erva-doce em pó 1 colher de café
Aguardente 1/2 cálice
Ovos 
Sal (opcional) q.b.
Ovos cozidos 
Gema de Ovo para pincelar q.b.

Preparação:
Misturar o fermento com 100 g de farinha e adicionar metade do leite. Mexer até formar uma massa que se solta da tigela e das mãos (se necessário adicionar o leite todo).
Numa taça, colocar a restante farinha e fazer um buraco no centro, colocar aí a massa do fermento, ao redor desta pôr o açúcar, a margarina cortada em cubinhos, a canela, a erva-doce, a aguardente e os ovos levemente batidos com um garfo (se colocar sal adicione-o aos ovos). Amassar tudo muito bem até que a massa se despegue da taça, e batê-la na mesa de trabalho umas 15 a 20 vezes até ficar com uma consistência fofa e elástica.
Passar uma taça por água a quente e limpá-la muito bem, colocar lá dentro a massa, polvilhar com farinha, tapar e colocar num local morno (embrulhei a taça num cobertor). Deixar levedar até duplicar de volume, entre uma e duas horas.
Retirar um pouco de massa para a decoração e dividir a restante massa em duas porções iguais formando duas bolas como se faz com o pão, achatar um pouco, colocar no meio um ovo cozido, decorar com rolinhos de massa por cima do ovo (coloquei só em forma de cruz).
Levar ao forno quente a 200 ºC durante cerca de 30 minutos, ao fim de dez cobrir com papel de alumínio para não queimar, a cinco minutos do final, retirar o tabuleiro do forno e pincelar os folares com uma gema de ovo misturada com um pouco de leite. Levar de novo ao forno para acabar de cozer, se necessário colocar de novo a folha de alumínio.

quinta-feira, 13 de abril de 2017

A minha esperiência na faculdade

Na semana passada participei no programa das férias da Páscoa da Faculdade Nova SBE de Lisboa. Foi uma experiência inesquecível e por essa mesma razão decidi partilhá-la com vocês.

Visto que esta semana foi organizada pela Nova SBE que, para quem não sabe é a faculdade de economia e gestão da Nova, as aulas e atividades estavam ligadas aos cursos de gestão e economia.
O programa consistia em três dias de aulas e atividades em grupo à tarde. No primeiro dia tivemos aulas de liderança e de matemática para gestão e economia. Além dessas mesmas aulas alguns clubes da faculdade apresentara-se e explicaram um pouco do que faziam e do que procuravam nos alunos que queriam entrar para os clubes. De tarde, antes de o dia acabar, fizemos um peddy paper, oragnizado pelo clube de economia. Foi super divertido e permitiu-nos conhecer as instalações e testar os nossos conhecimentos de economia.



No segundo dia, tivemos aulas de microeconomia, estratégia e marketing e uma atividade organizada pelo clube de marketing. Esta atividade consistia na criação de um produto ou no melhoramento de um e na empresa do mesmo. No último dia tínhamos de apresentar esse produto, a campanha de marketing que criamos, basicamente, levar os júris a comprá-lo. Para ser muito sincera foi neste dia que percebi que estava no caminho certo. Na aula de microeconomia o professor explicou alguns conceitos que eram necessários saber para aquela aula e foi aí que percebi que aquilo que eu queria fazer no meu futuro era aquilo.

No terceiro e último dia tivemos as nossas últimas aulas de finanças e macroeconomia. A aula de macro foi um pouco secante mas mesmo assim deu para compreender em que consistia a disciplina e naquilo que nos espera pela frente. A aula de finanças foi bastante interessante e permitiu-me compreender o que se faz naquela disciplina, uma coisa que eu sempre quis perceber. 
Á tarde procedemos às apresentações dos produtos e das respetivas empresas. No final foi nos entregue um diploma por termos participado nessa semana e foi entregue um prémio à equipa com mais criatividade e que no conjunto dos dois desafios (peddy paper e marketing) teve o melhor desempenho. Que por pura coincidência era a minha.

Em geral foi uma experiência bastante enriquecedora e não a trocava por nada, se pudesse até a repetia. Conheci pessoas de áreas diferentes da minha mas que tinham a mesma paixão que eu, outras apenas estavam indecisas e não sabiam o que escolher. Pude partilhar esta experiências com elas e sei que todos saímos de lá diferentes do que quando entramos. Foi bastante importante importante e permitiu-me enfrentar com mais segurança o que vem por aí.

Cata

terça-feira, 11 de abril de 2017

Palavra da Semana

Vamos dar início a uma nova rubrica no nosso blog! 


A nossa ideia com esta série de posts é apresentar uma palavra, todas as semanas, onde vamos dar a conhecer o seu significado e, se possível, a sua origem etimológica.
A palavra desta semana é Amor. 

Definição:  
Sentimento que induz a aproximar, a proteger ou a conservar a pessoa pela qual se sente afeição ou atração; grande afeição ou afinidade forte por outra pessoa.

Origem etimológica: 
Sentimento que induz a aproximar, a proteger ou a conservar a pessoa pela qual se sente afeição ou atracção; grande afeição ou afinidade forte por outra pessoa

"amor", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://www.priberam.pt/dlpo/amor [consultado em 05-04-2017].
Do latim, amare, amor.
Na língua portuguesa, a palavra amor permaneceu com a mesma grafia do latim: amor.
Originalmente, o termo latino amor era utilizado para designar o sentimento de “gostar de algo ou alguém”, sentir afeição, desejo ou preocupação.


Sentimento que induz a aproximar, a proteger ou a conservar a pessoa pela qual se sente afeição ou atracção; grande afeição ou afinidade forte por outra pessoa

"amor", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://www.priberam.pt/dlpo/amor [consultado em 05-04-2017].
Sentimento que induz a aproximar, a proteger ou a conservar a pessoa pela qual se sente afeição ou atracção; grande afeição ou afinidade forte por outra pessoa

"amor", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://www.priberam.pt/dlpo/amor [consultado em 05-04-2017].
Sentimento que induz a aproximar, a proteger ou a conservar a pessoa pela qual se sente afeição ou atracção; grande afeição ou afinidade forte por outra pessoa

"amor", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://www.priberam.pt/dlpo/amor [consultado em 05-04-2017]

Música da Semana

Ultimamente tenho ouvido bastante músicas country. Achei uma boa ideia dar a conhecer umas das que mais tenho ouvido espero que gostem :)


sábado, 8 de abril de 2017

Frase da Semana #50


"Não deixes que o barulho da opinião das outras pessoas elimine a tua voz interior." 
Steve Jobs

Sal e pimenta: Brigadeiro


A receita desta é brigadeiro!! Achei que era uma excelente maneira de começar o fim de semana. :)

Ingredientes: 
1 lata deleite condensado
2 colheres de sopa de cacau em pó
1 colher de sopa de Vaqueiro Especial para Bolos
1 tubo de pastilhas coloridas de chocolate
óleo Vaqueiro 

Chocolate granulado e drageias coloridas 


Preparação:
Deite o leite condensado num tacho, junte-lhe o cacau e misture bem. Adicione a margarina Vaqueiro e leve a cozinhar sobre lume brando sem parar de mexer até espessar e começar a abrir "estrada" no fundo do tacho.
Deite a massa numa tigela e deixe arrefecer. Tape e leve ao frigorífico para ficar bem fria.
Entretanto pique as pastilhas de chocolate na picadora.
Unte as palmas das mãos com um pouco de óleo Vaqueiro e molde pedacinhos de massa em bola. Role-os nas pastilhas picadas, em chocolate granulado ou em drageias coloridas. Coloque em caixinhas de papel frisado. 

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Aos Olhos da Princesa #5 parte3

Este é o último post da minha viagem por África, e desta vez vou mostrar-vos o Kruger Park, na África do Sul.
Nós não conseguimos ver nem metade do parque porque só lá estivemos um dia e ele tem uma área bastante superior à de Portugal. 

O Kruger Park é como se fosse um Jardim Zoológico enorme com a diferença que os animais tão têm jaulas, andam livremente pelo recinto, e por isso as pessoas não devem sair dos veículos a não ser nas áreas de refeição ou hotéis. 

 O parque tem várias portas por onde entrar, por isso várias pessoas podem ter ido lá no mesmo dia e ter visto animais diferentes, se tiverem entrado por portas distintas.

Um dos animais mais comuns é a gazela, que por andar maioritariamente em grupos grandes, é bastante fácil de avistar.


Esta fotografia está muito engraçada, porque deu para apanhar as gazelas a  olhar para nós e a comer.


Os rinocerontes já são um pouco mais difíceis de encontrar porque alguns andam sozinhos e se escondem atrás das árvores. Lembro-me de ter "obrigado" o meu pai a andar com o carro para trás e para a frente porque jurava ter visto um rinoceronte que mais ninguém via, mas passado algum tempo, concordaram comigo, havia um rinoceronte escondido por entre a folhagem de várias árvores!


Vimos imensos elefantes, alguns mesmo à nossa frente, que atravessavam a estrada todos juntos, não deixam nenhum elemento da manada para trás. 



No meio de animais tão grandes, também, decidi fotografar alguns pássaros, por serem diferentes dos que nós vemos cá. Acabámos por comprar um guia e andámos a tentar identificar os pássaros que víamos, Não foi tarefa fácil, porque existem espécies muito parecidas!



Em África, com águias no céu... Pensei logo no Rei Leão!



Adorei este pássaro, tem umas coras lindas!


E este? Apaixonei-me! 


De volta aos animais "grandes", aqui temos um gnu!


As zebras são presença habitual em qualquer zoo, e o Kruger não é excepção!

Já que falei do Rei Leão, aqui temos o Pumba!

Adoro quando os animais decidem olhar para a câmara!

Na África do Sul, há macacos até fora do Kruger, mas aqui fica um exemplo de uma das espécies que habita o parque.

Esta menina teve direito a fotoshooting depois de ter atravessado a estrada mesmo  á nossa frente e ter ficado perto de nós, a olhar para o carro imenso tempo.

Adorei as riscas deste animal, a fazer concorrência ás zebras!

Este foi o último animal que vimos. É um cão selvagem,ou mabeco. Parece fofinho, não parece? Pois, mas não é. Nós vimos uma matilha a tentar caçar gazelas.



O que acharam deste episódio de "Vida Selvagem"? Eu adorei visitar o Kruger, só tive pena de não ter visto búfalos, leões, leopardos e chitas. Existia um mapa onde eram assinalados os avistamentos de animais, mas para nós os leopardos e as chitas estavam muito longe. Supostamente passámos no sítio dos búfalos, mas eles devem ter saído de lá, o mapa não tem como ser assim tão preciso. De resto, foi um dia espetacular!

Maggy


terça-feira, 4 de abril de 2017

Olimpíadas 2017

Todos os anos os colégios maristas organizam uma competição desportiva de três dias. Este ano coube ao Externato Marista de Lisboa a organização. 

Nesta competição estão presentes diversos desportos desde futsal, basket, natação e atletismo. Eu participei em badminton. Cheguei até aos quartos de final, foi uma classificação bem melhor que a do ano passado.
Durante os três dias o colégio organizador promove diversas atividades quer culturais quer de momentos de convivência. Este ano a atividade foi um passeio na cidade de Lisboa, num autocarro de turismo (sightseeing) e um passeio de barco no rio Tejo. Para além deste momento em que pudemos fazer novas amizades e conviver com novas pessoas, uma vez que nestas olimpíadas todos os colégios da Província de Compostela participam, ou seja, até os colégios de Espanha participam. 


Na primeira noite houve uma festa disco e a apresentação de um número preparado por cada um dos colégios presentes na competição. Houve ginástica rítmica, uma banda, cantores, dança, inúmeros talentos a participar. Na segunda noite instalaram matraquilhos insufláveis e um touro mecânico, para além de terem uma parede de escalada, rappel e esgrima. Foi uma noite dedicada a desportos radicais e a insufláveis. Foi muito divertido.
Todos os alunos e professores que participam nas olimpíadas dormem nas salas destinadas a cada modalidade e a cada colégio. 

No que toca aos meus jogos, tive alguma sorte no sorteio, a primeira etapa da competição é por grupos, ou seja, cada jogador de cada grupo tem que jogar com todos os outros elementos do grupo para se determinar quem passa à próxima fase. Eu ganhei todos os jogos desta fase o que me permitiu ficar em primeiro lugar, passando assim à próxima fase. (Apenas os primeiros dois lugares de cada grupo passavam.) 

A próxima fase são os oitavos de final mas, uma vez que os elementos de um dos grupos não apareceram, tivemos de passar para os quartos. Esta fase é de eliminatórias, ou seja, quem perde é eliminado e não joga mais. Foi nesta fase que perdi, a minha adversária jogava bastante bem e foram dois sets muito renhidos. 
Para quem não sabe um jogo de badminton, num torneio, é constituído por três sets, só se joga o terceiro em caso de empate, que vão cada um até aos 11 pontos, no caso das raparigas, e 21 no caso dos rapazes.
Apesar de não ter avançado mais na competição, fiquei muito feliz com a minha prestação e orgulhosa de ter ultrapassado o meu resultado do ano anterior.

Para os Maristas o mais importante não é a competição em si mas, o convívio, a partilha de vários valores, de cultura e experiências. Basta darmos o nosso melhor e sermos corretos com os nossos adversários, professores, auxiliares e todos aqueles com que nos cruzarmos que a nossa missão está cumprida. 

Em suma, toda esta competição e convívio foi muito divertida! Fiz novos amigos, entrei em contacto com novas culturas, experimentei coisas novas, torci pelo meu colégio...enfim foram dias recheados de aventuras e diversão. 

Cata

segunda-feira, 3 de abril de 2017

Música da Semana

A música desta semana é bastante conhecida, mas não deixa de ser uma linda homenagem.
Além disso, passei o fim de semana todo a cantá-la.


domingo, 2 de abril de 2017

Frase da Semana #49



Botas...as botas apertadas são uma das maiores venturas da terra, porque, fazendo doer os pés, dão azo ao prazer de as descalçar.
Machado de Assis

Sal e Pimenta: Papos de Anjo


A receita desta semana é um doce tradicional português, os Papos de Anjo. Gostam? Nunca fizeram? Então aqui fica a receita, para poderem experimentar em casa!

Ingredientes:
  • 9 gemas de ovos
  • 1 ovo

  • Calda para demolhar os Papos de Anjo:

  • 600grs de açúcar
  • 500grs de água (5dl)
  • 1 pau de canela
  • casca de 1 limão (ou um pouco de rum)

    Nota: Deixar ferver +-4 minutos
    ( Esta calda deve ser feita com antecedência)
Confeção:
Bater as gemas e o ovo até triplicarem de volume. Encher em formas tipo queque untadas com margarina e polvilhadas com farinha, encher até meio da forma.
Coser á temperatura de +- 230º cerca de 15-18 minutos.
Desenformar os papos de anjo depois de cozidos picar-lhe a base com um garfo e mergulha-los na calda ainda quente, guarde a restante calda para regar os papos na altura de servir.
Servir frios em taças.