sábado, 30 de dezembro de 2017

Sal e Pimenta: Esses de Limão



Ingredientes:
300 g de farinha
250 g de açúcar
3 ovos + 1 gema
Raspa da casca de 1 limão
Manteiga para untar

Modo de Preparação:

Numa tigela, bata bem os ovos, a gema e o açúcar. Adicione depois a farinha e a raspa de limão e bata mais um pouco. Coloque num saco de pasteleiro com boquilha redonda lisa média.

Unte um tabuleiro de forno com manteiga. Disponha-lhe porções de massa, bem separadas umas das outras e fazendo o efeito de ""esse"". Deixe repousar durante cerca de 30 minutos.

Leve depois ao forno pré-aquecido a 200ºC entre 10 e 15 minutos ou até ficarem cozidos. Retire do forno, deixe arrefecer e sirva.

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Solidariedade

Visto que hoje é terça feira, esta podia ser a Palavra da Semana, mas não é disso que se trata.

Estive muito recentemente em Oliveira do Hospital, que, se bem se recordam, foi um dos concelhos afetados pelos incêndios de outubro, e quero contar-vos o que vi e o que me contaram.

Quando lá chegámos (eu e a minha Comunidade, fui com os Escuteiros) fomos recebidos pelo Presidente da Junta, que nos mostrou o armazém em que guardam as doações para as famílias necessitadas e falou-nos de algumas situações de pessoas que sofreram bastante com esta catástrofe tão inesperada, fora de tempo, e devastadora.

Uma das coisas que nos disse e que me marcou foi que durante os primeiros dias tinha havido ajuda a chegar de todos os lados, mas à medida que os repórteres das televisões e rádios foram desaparecendo, também essa ajuda começou a ser mais escassa.

Conheci pessoas fantásticas, que viram tudo destruir-se à sua volta, mas quando chegavam  visitantes (nós) ofereciam tudo o que tinham.

Contaram-me que nos dias do incêndio houve uma aldeia que esteve cercada pelas chamas e cuja pessoa mais nova que lá habitava tinha sessenta anos. Como é que estas pessoas conseguiram sobreviver? E como será que estão agora?

O que me choca é que depois de deixar de ser notícia as pessoas já não quiseram saber. Muitos dizem que o povo português é solidário, mas o problema é que tem memória curta. Estou a falar das vítimas dos incêndios, mas podia estar a falar dos sem abrigo. Quantas vezes ouvimos dizer que nos devemos lembrar deles no Natal?

A questão é: Será que eles apenas existem no Natal? Não me parece que seja difícil responder a esta pergunta. É verdade que existem muitas associações que prestam assistência durante todo o ano, mas o cidadão comum apenas parece recordar-se dos mais desfavorecidos em épocas festivas.

Não quero de modo nenhum dizer com isto que sou um exemplo ou colocar-me num pedestal apenas por ter ido ajudar, porque sei que não é de todo fácil para toda a gente deslocar-se até onde a ajuda é precisa, mas gostava de salientar que muitas vezes há pessoas mesmo ao nosso lado que precisam de ajuda e devemos abrir os olhos e ver convenientemente o que se passa ao nosso redor, e que isto não aconteça só de vez em quando, mas sempre. 

Maggy

segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

Outfits para o Natal

Apesar de já ser dia de Natal não queríamos deixar de pôr um post no blogue é por isso decidimos dedicar este post á moda, nomeadamente ao vestuário.
Vamos mostrar-vos dois outfits de Natal que achamos que são perfeitos para esta quadra natalícia.

O primeiro trata-se de um simples vestido vermelho mas que com alguns acessórios fica bastante giro e com classe. 😉




Por fim temos então um par de calças de ganga e uma camisola natalícia, de qualquer padrão ou imagem que remeta para este tema. Ao conjugar essas duas peças com um calçado mais especial ou com uns simples tênis,vamos deparar-nos com um looks simples e casual mas perfeito para estes dias do ano. :)















Esperemos que as sugestões tenham sido úteis e desejamos a todos umas boas férias, um bom natal e um bom ano com tudo o que desejam e que o passem com os que mais amam. <3 font="">

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Séries em Série #4


Este post vai ser todo dedicado à série The Big Bang Theory. É uma das minhas séries preferidas e neste momento encontra-se na 11ª temporada.

Esta série conta a história de um grupo de amigos, nomeadamente os amigos de Sheldon - a personagem principal - e todas as peripécias porque passam, desde romances falhados a não compreender patavina dos termos técnicos que os rapazes dizem.


 A personagem principal trata-se então de Sheldon Cooper, um rapaz do Texas que foi educado sobre os valores cristãos mas que desde cedo mostrou a sua descrença sobre os mesmos, assim como a sua descrença na existência de Deus. Mais tarde, de maneira a prosseguir os seus estudos muda-se para Passadena, onde acaba por ficar a trabalhar como físico teórico na Caltech. 
O Sheldon é a personagem mais caricata e desajeitada de sempre. Na maior parte das conversas não se apercebe das emoções que as outras pessoas estão a sentir e a expressar, nomeadamente o sarcasmo. O que de certo modo é caricato visto que 99% do que diz parece saído de um livro de sarcasmo. É graças a ele que me rio todos os domingos e que também aprendo coisas sobre física.



De seguida temos Leonard Hofstadter, físico experimental que aquando da sua entrada na faculdade Caltech ao procurar casa se depara com Sheldon e a sua maneira particular de ser. Sem mais opções vê-se obrigado a partilhar casa com Sheldon e dá-se inicio a uma relação de amizade única e duradoura entre os dois. 


Penny chega de uma maneira especial à vida de Leonard e Sheldon. Aparece como a nova vizinha dos dois, vivendo no mesmo corredor logo à frente dos dois. À primeira vista  apenas Leonard vê Penny como uma potencial amiga e talvez quem saiba mais que isso ;) Para Sheldon, Penny é só mais uma moradora contudo acha inútil o sonho da mesma em ser atriz e arranja sempre maneira de a fazer sentir inferior no que toca ao fator inteligência.


Por fim temos os dois colegasde Leonard e Sheldon, o Raj e o Howard, astrofísico e engenheiro aeroespacial respetivamente. Os dois tratam-se de visitas regulares a casa de Sheldon e Leonard, pois ambos trabalham na mesma faculdade que os outros dois e são amigos dos mesmos. É com eles que são passadas as sexta-feiras à noite a jogar jogos de tabuleiros únicos e muito nerd. Raj no ínicio da série é tão tímido que nem consegue falar com raparigas a não ser quando está sob o efeito de álcool. Howard é judeu e tem um sentido de humor único e sonha ir ao espaço um dia. Um facto curioso é o facto de andarem sempre juntos e fazerem tudo juntos, parecem namorados!!



Temos ainda a presença de duas figuras femininas, a Amy e a Bernadette, que acabam por se tornar as namoradas do Sheldon e o do Howard. As duas vêm trazer mais um pouco de comédia à série e vão mostrar uma faceta dos rapazes que não veríamos de outra forma mas que é sem dúvida engraçada!




Espero que vos tenha aberto o apetite para mais uma série com este post! É sem dúvida uma das melhores séries para se rirem. Deixo-vos com mais um gif do Sheldon :)

Cata

Palavra da Semana

Uma vez que já nos encontramos na quadra natalícia e hoje trata-se da última palavra da semana antes da véspera e do Dia de Natal, decidi deixar-vos o significado etimológico da palavra Natal.



Significado etimológico:


A palavra Natal tem origem no latim natalis, que significa: de nascimento. Embora etimologicamente  o termo se refira ao dia de nascimento, no sentido mais restrito do termo, Natal refere-se ao dia do nascimento de Jesus.

Sal&Pimenta: Filhós de Natal

Ingredientes: (15 doses)

1kg farinha de trigo com fermento
100g de manteiga ou margarina
2 colheres de sopa azeite
2 colheres de sopa aguardente
1 laranja
6 ovos
25g de fermento de padeiro
2 colheres de sopa açúcar

azeite para fritar
açúcar para polvilhar
canela para polvilhar
 
Preparação:
Dissolve-se o fermento e um pouco de sal num pouco de água morna.


Peneira-se a farinha para um alguidar, abre-se uma cova no meio e deita-se aí o azeite aquecido com a manteiga.


Esfregam-se todos os ingredientes entre as mãos (em movimentos de vaivém). Quando tudo tiver um aspecto esfarelado, juntam-se o fermento e os ovos, previamente passados por água quente (com a casca).


Podem juntar-se dois ovos de cada vez. Amassa-se muito bem juntando o sumo de laranja aquecido e a aguardente. À mão, estas filhoses levam cerca de meia hora a amassar.


Polvilha-se a massa com farinha, embrulha-se o alguidar num cobertor e deixa-se levedar em local temperado, entre 3 a 4 horas.


Depois da massa levedada, põe-se o azeite ao lume (deve ser abundante) e deixa-se aquecer bem. Molham-se as pontas dos dedos num pouco de azeite, tira-se um pouco de massa à qual, esticando sobre um pano nos joelhos.


A filhós ficará mais fina no centro e mais grossa nos bordos.

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Clash Royale

Olá!! Aqui estou eu para vos falar de um jogo.Say what?!  Ah, pois é, não queremos deixar ninguém de fora, por isso este post ( e outros que virão)é para os gamers!

Eu comecei a jogar Clash Royale por causa de uns amigos que formaram um clã e são completamente viciados. Eu interessei-me, comecei  a jogar e juntei-me ao clã deles.
Vou explicar-vos como é que  o jogo funciona.

O mais fácil é começar pelas batalhas 1v1, em que cada pessoa tem uma baralho de cartas que joga para defender as suas torres (são três) ou atacar as do oponente.

É mais fácil se virem um vídeo, e como eu não quero que vos falte nada, aqui está ele! Eu acabei por perder esta batalha, mas o que interessa é que fiquem a perceber o jogo.
Como viram no vídeo, mesmo perdendo a batalha, ganham-se coroas, que acumulam para  o baú da coroa e, no caso de se pertencer a um clã, para o baú do clã.

Esses baús contêm cartas, ouro e gemas, não necessariamente os três ao mesmo tempo. Se se ganhar uma batalha, ganha-se um baú.

Podem também fazer-se batalhas em dupla e, a partir do nível 8, torneios.

Curiosos para experimentar? Eu adoro!

Maggy

domingo, 10 de dezembro de 2017

Giveaway Natalício

Olá, maltinha!! Pedi os imensa desculpa, temos andado um bocado desaparecidas, mas esperamos retomar em breve a atividade normal.

Agora que o Natal está a chegar, resolvemos presentear-vos com um giveaway em parceria com a Chiado Editora.

Vamos oferecer o livro Somos Apenas Garotos, de Lucas Ramilo (Caso não dê para perceber, os enfeites natalícios não pertencem à capa do livro, foram acrescentados).
O que têm de fazer é apenas preencher o formulário do link abaixo para garantir que cumprem as regras do passatempo.

a Rafflecopter giveaway

Boa sorte a todos!

Maggy

sábado, 9 de dezembro de 2017

Frase da Semana


"Preocupa-te mais com a tua consciência do que com a tua reputação. Porque a tua consciência é o que  és, e a tua reputação é o que os outros pensam de ti. E o que os outros pensam, é problema deles."
John Wooden

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Sal e Pimenta: Bolo de Cenoura


Ingredientes:

250g de Cenoura

4 Ovos

100g de Óleo

250g de Açúcar

200g de Farinha

1 Colher de Chá de Fermento para Bolos


Modo de Preparação:
 
Bate-se os ovos com o açúcar e o óleo;

Junta-se a cenoura triturada (utilize um robot de cozinha para triturar ) e mistura-se muito bem;

Coloca-se a farinha e o fermento. Ligamos os ingredientes;

Unta-se uma forma com margarina e polvilha-se com farinha, coloca-se o preparado e leva-se ao forno pré aquecido a 180º cerca de 40 minutos;


Palavra da Semana

A palavra desta semana é Mensagem. Isto porque vou (Cata) começar a dar essa obra a português e porque a educação moral e religiosa católica também temos andado a falar sobre essa temática.



Origem etimológica:
A palavra “mensagem” tem origem no latim “MISSATICUM”, que por sua vez veio de “MISSUS” – particípio passado de “MITTERE”, que significa ‘mandar, enviar’.

Significado:
 Segundo o dicionário de língua portuguesa Priberam, Mensagem significa:

  • Comunicação, geralmente uma informaçãoum aviso ou um pedidodirigida a alguém de forma oral ou escrita 
  • Discurso escrito que um presidente da República envia ao Parlamento.
  • Felicitação ou discurso escrito dirigido a uma autoridade.
  • Comunicação oficialentre as câmaras legislativasou entre o poder legislativo e o executivo.
  • Comunicação importante transmitida por alguém considerado portador de uma revelação
  • Significado profundo de uma obra literária ou artística.
  • [Linguística]  Conjunto de signosorganizados de acordo com um códigotransmitido por um emissor a um receptoratravés de um determinado canal de comunicação



Música da Semana

A música desta semana é nada mais, nada menos que a música de Natal da Rádio Comercial deste ano. Eu e a Maggy ouvimos esta estação de rádio praticamente todos os dias e achamos imensa piada a todas as iniciativas criativas que eles têm. A canção deste ano ficou especialmente divertida. :)


segunda-feira, 27 de novembro de 2017

"A Maldição dos Quatros Reinos: Sementes de Terror"

O livro que estive a ler no último mês chama-se "A Maldição dos Quatro Reinos: Sementes de Terror"  de Luís Carlos Machado Miguel. Faz parte do projeto que iniciamos com a Chiado Editora e compete-me agora fazer uma crítica sobre o mesmo.

É um livro de literatura fantástica, mais precisamente fantasia.Conta a história de um jovem guerreiro e das suas peripécias assim como desafios e situações extraordinárias que terá de enfrentar na sua jornada de descoberta da verdade.



Foi um livro que me cativou a atenção não só pelo título mas pela sinopse também (estará no final da crítica). Confesso que não leio muitos livros de literatura fantástica mas decidi arriscar na leitura deste e posso dizer que não estou nada arrependida. A maneira como o autor escreve, a maneira como dividiu os capítulos e lançou a narrativa foi com alguma mestria pois desde o momento um que senti a necessidade de continuar a ler. Não só me senti como se tivesse no momento do acontecimento como algumas das temáticas abordadas me fizeram refletir sobre algumas situações porque já passei como me permitiram retirar algumas lições de vida que se encontravam subentendidas. Uma das que mais me marcou foi o sentimento de abandono que uma das personagens sente e poder ver os dois lados da história ajudou-me a perceber que às vezes é preciso pôr-nos no lugar dos outros e perceber como é que a situação o está a afetar também.

É uma leitura que eu concelho a jovens já no final da sua adolescência, no momento em que se encontram a amadurecer pois poderá ajudar a perceber algumas das coisas por quais passamos e que nem sempre são fáceis de ultrapassar. Não só dá para refletir sobre determinadas temáticas como o podemos fazer através de um livro entusiasmante e divertido com aventuras e sarcasmo, momentos de tristeza e de alegria e acima de tudo com o sentimento de compromisso e amizade.
Foi uma ótima leitura. :)

Sinopse:

Ajurchi rei de Bromwich é brutalmente assassinado, sendo sucedido por uma maquiavélica rainha. Dotada de um poder misterioso e de um séquito de segurança implacável e invencível, semeia o terror pelo seu reino, enclausurando a população ao medo e horror.
O jovem Ayorion Soulfire é treinado desde criança por Ghoron Werthon, um mestre na arte de combate, considerado por muitos o homem mais forte do mundo. Antes de morrer deixa-lhe uma enigmática frase. A maldição seria verdadeira e que ele precisava de a desvendar para derrotar a rainha. Incitado pela vingança e pela mensagem do mestre, decide regressar às origens em busca de respostas. É lá que inicia a sua demanda de reunir os maiores guerreiros dos quatro reinos para pôr fim ao reinado de terror iniciado pela rainha e a sua comitiva. Mas irá descobrir que o nome que carrega, é maior que aquilo que o próprio conhece e que poderá estar intimamente ligado à maldição que o próprio pretende desvendar.

Cata

Música da Semana


É uma das músicas mais lindas que ouvi nos últimos tempos e tem um grande significado para mim. <3 are="" chama-se="" do="" e="" ed="" everything="" sheeran.="" span="" you="">

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Séries em Série #3

A série de que  eu ((Maggy)) vos vou falar hoje é uma das minhas preferidas: Rizzoli and Isles.

Esta série estreou em 2010, inicialmente na TNT, mas chegou a Portugal através da FOX Life e teve 7 temporadas.

Rizzoli and Isles conta a história de uma detetive (Jane Rizzoli) e de uma médica-legista
(Maura Isles) de Boston, que trabalham juntas e são melhores amigas, chegando mesmo a dividir casa. As suas personalidades são completamente diferentes, mas juntas formam uma dupla implacável!

Passo a apresentar-vos as personagens principais desta série.

Jane Rizzoli é, durante muito tempo, a única mulher na Divisão de Homicídios da Polícia de Boston (Boston PD) e é muito determinada, inteligente, dura, mas também empática. É super maria-rapaz (talvez por ter dois irmãos), adora baseball e "comida de plástico". Quando promete alguma coisa podem ter a certeza de que vai cumprir.


Maura Isles tem uma grande tendência para usar palavras complicadas e ser ligeiramente (okay, bastante!) hippie. É também muito inteligente e não gosta de sentir que desiludiu ninguém, nem que tenha que ir ao fim do Mundo para ajudar quem lhe pediu. Tem uma história de vida bastante complicada que a irá perseguir ao longo das várias temporadas.

É  a melhor amiga de Jane e está lá para ela nos melhores e nos piores momentos.Juntas conquistariam o Mundo, na Idade Média! (Sim, porque hoje já não há grande coisa para conquistar.)



Vincent (Vince) Korsak é o parceiro de Jane e o elemento mais velho da Divisão. Tem imensa experiência na sua profissão e detesta tecnologias, mas também lidar com papelada (quem é que gosta, afinal?!). Foi casado três vezes e não tem boas memórias desses casamentos, até encontrar o amor da sua vida. Vê Jane quase como sua filha e tem uma imensa paixão por animais, principalmente cães.



Barold (Barry) Frost é um grande amigo de Jane que na Divisão tem o trabalho que Vince mais dispensa, lidar com a tecnologia. É divertido, mas medricas. Detesta sangue e não lida nada bem com mortos. Devido ao suicídio do ator, a personagem morre no início da quinta temporada num acidente de carro, ao regressar das férias.



Francesco (Frankie) Rizzoli é  irmão de Jane e  parceiro de Frost. Passa grande parte da série como estagiário e detesta essa condição. Mais tarde começa a namorar com a substituta de Frost, Nina Holiday. Jane protege bastante o irmão e não deixa que nada lhe aconteça.


Nina Holiday foi transferida de Chicago para Boston após a morte de Frost. Apesar da equipa ter saudades de Frost e inicialmente não o querer substituir, recebe-a calorosamente. Nina foi uma peça essencial para a resolução de muitos crimes, mas cometeu um: roubou o coração de Frankie.



Angela Rizzoli é a mãe de Jane e Frankie, trabalha no café na esquadra de Boston. É muito enérgica, mãe-galinha e uma autêntica casamenteira! Tem sempre as melhores ideias e muitos conselhos para dar.


Sean Cavanaugh é Tenente da Divisão e é claramente apaixona por Angela, chegam mesmo a namorar. Mais tarde descobre-se que a mulher e o filho de Sean morreram num incêndio provocado pelo pai biológico de Maura.

Cavanaugh confia nos seus agentes e dá-lhes muitas vezes carta branca para quebrar as regras se precisarem, para que resolvam os casos que têm em mãos.




Agora que as personagens principais estão apresentadas, vou dar-vos a minha opinião sobre a série. 

Como acho que já deu para perceber, eu a-d-o-r-o esta série!! Agora já não, mas há pouco tempo esteve a dar na FOX Life e era a minha companhia para almoçar. 

Podia ser só mais uma série policial, mas a amizade entre Jane e Maura e o facto de haver vários Rizzolis a trabalhar no mesmo local tornam-na especial: há mais história, os casos são apenas uma parte.

A Divisão de Homicídios de Boston é toda ela uma família, e quando alguém está em apuros, todos tentam ajudar como podem.



(Maura, achas mesmo que é preciso isso?) Hahahaha desculpem, adorei este GIF e tinha de o partilhar convosco!


E essa linda família resolve crimes como ninguém, mas não é só, são também os melhores quando se trata de celebrar!





Da minha parte, Cata, só me resta dizer-vos que é também uma das minhas séries policiais preferidas. A maneira como os casos são resolvidos, as intrigas que aparecem pelo o meio e a maneira como a história de cada personagem vai sendo introduzida de uma forma fantástica. É preciso alguma mestria para o fazer e os realizadores desta estão de parabéns!!

Eu e a Maggy temos uma obsessão tão grande com as personagens que já nos auto apelidámos de Maura e Jane. Maura no meu caso, Jane no dela.

Maggy e Cata

Música da Semana

A música desta semana trata-se de uma novidade novíssima!! É nada mais nada menos que a nova música dos DAMA. Chama-se Deixa-me Ir e eu achei super gira. :)


sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Sal e Pimenta: Barritas com frutos secos



Ingredientes:

50g de açúcar
50g de manteiga/margarina
30ml de melaço
150g de aveia
75g de frutos secos

Vai também precisar de um tabuleiro para levar ao forno.

Modo de Preparação:

Unte o tabuleiro e forre-o com papel vegetal.

Coloque o açúcar, a manteiga e o melaço numa frigideira grande e leve a lume brando até a manteiga derreter. Junte então a manteiga e mexa.

Verta metade da massa sobre o tabuleiro e disponha os frutos secos por cima. Verta depois o resto da massa por cima da fruta e pressione ligeiramente.

Leve ao forno durante 20 minutos a 200ºC ou até alourarem ligeiramente. 

Retire do forno e corte em porções no tabuleiro enquanto estiver quente.

Palavra da Semana



Visto que esta semana é dedicada à época das castanhas não faria mais sentido do que trazer-vos a palavra Magusto como palavra da semana.

Significado:
Fogueira de assar castanhas.Merenda de castanhas assadas.

Festa, geralmente associada ao dia de S. Martinho ou ao dia de Todos os Santos em que se acham castanhas.




quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Música da Semana

Pedimos imensa desculpa pelo atraso, mas mais vale tarde do que nunca, por isso aqui está a música desta semana, a nova dos DA.M.A.


domingo, 5 de novembro de 2017

Filme do Mês

Título: Perigo de Saltos Altos
Realizador: Mel Smith
Género: Ação
Atores Principais: Minnie Driver, Mary McCormack, 
Mark Williams, Kevin McNally,Danny Dyer





Sinopse:

Numa situação de linhas cruzadas, duas amigas interceptam uma conversa telefónica entre dois bandidos que planeiam um grande golpe. A primeira ideia que lhes ocorre é a de denunciar os bandidos mas, perante a indiferença da polícia e após saberem pelos media que o assalto se concretizou, decidem chantagear os assaltantes: ou lhes dão uma parte do que roubaram ou elas revelarão o número de telemóvel de onde foi proveniente a chamada incriminatória...

A Minha Opinião:

Este filme é bastante antigo (tem quase a nossa idade), mas não deixa de ser hilariante! Quem é que se lembraria de chantagear um grupo de assaltantes? E o risco de serem apanhadas e mortas? Só mesmo nos filmes, e é isso que os torna tão engraçados!

Querem ver o trailer, não querem? Vejam aqui (peço desculpa, mas não consigo mesmo pôr aqui o vídeo).


Frase da Semana


"As pessoas costumam dizer que a motivação não dura sempre. Bem, nem o efeito do banho, por isso recomenda-se diariamente."
Zig Ziglar

Sal e Pimenta: Frango Cafrial

Esta receita é Moçambicana, eu  ((Maggy)) já experimentei e tenho a dizer que é excelente!


Ingredientes:

1 frango médio

1 coco ralado
8 dentes de alho
1 folha de louro
sal q.b.


Modo de Preparação:



Limpe bem o frango e deixe escorrer num passador.

Rale o coco para dentro de uma bacia plástica e, depois de ralado deite meia chávena de chá de água quente e meia de água fria, mexa muito bem com as mão até ficar um leite mais ao menos cremoso, deixe arrefecer, enquanto pila-se o alho e o sal.

Para temperar o frango, ponha-o num tabuleiro e tempere com o preparado e a folha de louro.
Uns minutos depois deite meia quantidade do leite do coco e fica a marinar por meia hora.

À parte, numa tijelinha junte o resto do leite de coco e um pouco de azeite. Este frango é assado na brasa e de vez em quando, com uma pena de galinha vá borrifando o preparado de leite e azeite sobre o frango até estar pronto para servir.