domingo, 31 de julho de 2016

Frase da Semana #14



"O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada. Caminhando e semeando, no fim terás o que colher."

Cora Coralina

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Nostalgia #3

E aqui está mais uma memória das nossas infâncias. Desta vez decidimos fazer sobre as músicas da nossa infância.

A primeira música é Hey soul Sister - Train, do ano 2009.



A segunda que nos faz relembrar a nossa infância e principalmente as minhas férias é a If You Give Up - Hands on Approach, de 2006.

Simplesmente adoro esta música e não a podia deixar de referir, se calhar muitos não a conhecem mas acho que vale a pena a ouvirem, chama-se Melancholic Ballad - Fingertips, lançada em 2003.

Não me esqueci do pessoal mais antigo, por isso aqui fica uma música de meados dos anos 70, 1976, mais precisamente.




E agora uma mais recente mas que não deixa de trazer memórias, Fireflies - Owl City, também de 2009.


Passando á música portuguesa,  Sei que Sabes que sim - Ez special, que saiu em 2007.



E para terminarmos este post, relembramos a música Re-tratamento - Da weasel, do ano 2004.



Cata

domingo, 24 de julho de 2016

Pokémon Go

Este tema tem de tudo menos originalidade, mas de qualquer forma eu gostava de deixar por escrito a minha opinião.

Como em todas as coisas, neste jogo há pontos positivos e pontos negativos. Eu prefiro ser optimista (desculpem, mas para mim não dá para escrever sem "p") e por isso vejo os pontos negativos associados a casos extremos, em que as pessoas estão de tal modo viciadas e embrenhadas no jogo que deixaram de ter limites.

O Pokemón Go pôs muita gente a sair do sofá para ir apanhar criaturas digitais. O motivo é parvo, mas a ação é boa, e desde que seja tudo feito com moderação parece-me fantástico que as pessoas não joguem sentadas confortavelmente no sofá, numa cadeira ou até deitadas na cama, mas sim a andar na rua, apanhar ar fresco e receber vitamina D.

Além disso já há quem marque caminhadas para ir apanhar Pokémons. Assim ao menos as pessoas podem ir falando cara a cara e não através dos ecrans  -  a mim parece-me bastante mais saudável, não?

Confesso que instalei ontem o jogo para experimentar e sem sair de casa apanhei quatro Pokemóns. Ora, isto apesar de parecer um contra-censo, por eu ter falado em sair de casa, motiva sim a saída de casa, porque dá para perceber que não é preciso fazer muito para começar. Eu penso que se para apanhar o meu primeiro Pokemón eu tivesse que andar 5kms eu se calar não ia, e tendo apanhado os primeiros dentro de casa agora sinto curiosidade para continuar a jogar.

Mas não se preocupem, que a mim não me apanham a saltar muros ou a ir para o meio do trânsito para apanhar criaturas meramente digitais, porque não cheguei nem quero chegar a esse ponto.

Para aquelas pessoas que dizem que este jogo é uma praga, eu aconselho  a tentarem perceber o meu ponto de vista, por ser mais positivo. Não quero impor a minha opinião a ninguém, mas ver o melhor lado das coisas pode fazer com que usufruamos delas sem tantos riscos desnecessários ou envolvimentos em situações absurdas.


Maggy

sábado, 23 de julho de 2016

Frase da Semana #13



"A persistência é o caminho do êxito."
Charles Chaplin


Portugal e os seus Títulos

Neste último mês Portugal tem ganho inúmeras taças e medalhas no que toca á categoria do desporto. 

Ganhámos o campeonato da Europa de futebol e o campeonato da Europa de hóquei em patins, ganhámos ainda diversas medalhas na qualificação para os jogos olímpicos como no atletismo e no remo, entre outras, por isso o nosso país está de parabéns!

Somos uma nação com muito potencial apesar de poucos verem isso. Sempre fomos um quadradinho no mapa que muitos julgavam pertencer a Espanha. Sabemos que temos uma história gloriosa, mas muito poucos a conhecem.

Os nossos atletas este ano esforçaram-se muito para mostrar á Europa e ao mundo que somos a Nação Valente e Imortal, que em cada canto do mundo há um português e que não serve apenas para ficar com os empregos que os outros não querem, que está lá para o que der e vier, mas a sua alma é e sempre será vermelha, amarela e verde.

Por isso decidi deixar aqui um agradecimento muito especial a todos os atletas e desportistas que representam o nosso país. 

Obrigada por tudo o que têm feito, são o orgulho de 11 milhões, que ocupam um pequeno mas acolhedor e mágico quadradinho na ponta da Europa, e de outros tantos espalhados por toda a parte.

Claro que não posso deixar de mencionar o facto de o nosso Presidente da República - Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa reconhecer o talento e o serviço que estes atletas prestam a nação e ao longo deste ano tem vindo a atribuir diversas condecorações aos mesmos.


Cata

terça-feira, 19 de julho de 2016

Terrorismo, um dos Maiores Dramas da Atualidade

Os mais recentes atentados terroristas datam da semana passada, mas todos sabemos que o terrorismo já existe há largos anos. Tudo começa por razões políticas, por mais que invoquem razões religiosas, como é o caso do Estado Islâmico.

Ora, isto não tem qualquer cabimento porque quem conhece um bocadinho do que é o Islão sabe que não se revê de maneira alguma nos princípios que esses senhores invocam como sendo sagrados e estando descritos no Corão.

Ainda há pouco tempo ouvi no telejornal que o autor dos atentados de Nice era casado e tinha dois filhos. A minha pergunta é: Não pensou neles antes de fazer aquilo que fez?


Se não conseguia pensar nas famílias das pessoas que ia atacar ao menos que pensasse na sua, mas pelos vistos nem aí o raciocínio do homem chegou!

Este tipo de política não quero eu para o mundo em que tenciono viver mais uns bons anos e estabelecer família! Desde quando é que o Homem é um ser irracional que age por impulsos?! Todos estes atentados são vinganças infantis do combate ao extremismo em que se atacam inocentes sem atingir de forma direta os órgãos supremos dos países, logo, que não resolvem rigorosamente nada.

A minha sugestão não é de todo serem colocadas bombas em parlamentos ou residências oficiais de políticos, mas sim que se pratique jogo limpo, política através do diálogo e não das armas. Afinal é suposto sermos civilizados, ou não?!

Este texto já vai longo e o meu ponto de vista está exposto, mais vale ser assim "curto e grosso", como se costuma dizer.


Maggy

segunda-feira, 18 de julho de 2016

quinta-feira, 7 de julho de 2016

África Negra

Correm injustiças 
neste mundo tão cruel
e enquanto desperdiças
crianças como tu
estão a trabalhar
sem poder reclamar

Crianças indefesas
levadas pelas suas presas
conhecidas como multinacionais
e nunca mais vêem seus pais

O aroma do chocolate
eu bem sei que tu o sentes
mas estas crianças
apenas vêem as suas sementes

Fruto maldito
colhido por mãos alheias
que trabalham nas fazendas
sem regressar às suas aldeias



Encho-me de convicção
e sem grande complicação
posso a todos garantir
que cada criança levada
é mais uma vida negada 



Rita (vou escrever alguns textos para o blog, mas continuo um pouco afastada)

sábado, 2 de julho de 2016

Frase da Semana #10



"Dê a quem ama: Asas para voar, raízes para voltar e motivos para ficar."

Dalai Lama